TRANSFERÊNCIA INTRAFOLICULAR DE OVÓCITOS IMATUROS (TIFOI): OTIMIZAÇÃO E VALIDAÇÃO DA TÉCNICA EM GADO DE LEITE

Resumo: A produção in vivo de embriões por superovulação (SOV) ou produção in vitro de
embriões (PIVE) são as opções disponíveis para a multiplicação rápida da genética de fêmeas bovinas de interesse zootécnico. Apesar da SOV, produzir um embrião de melhor qualidade, deve tem de ser respeitador um intervalo entre protocolos de superovulação, pois a utilização do FSH altera os padrões fisiológicos da dinâmica folicular, diminuindo os resultados nas superovulações subsequentes. Já naEnquanto que na PIVE, a doadora pode ser submetida a aspiração folicular por ultrassonografia (OPU) semanalmentetoda semana, entretantpporém, os embriões produzidos são de qualidade inferior. A utilização de uma técnica que associe as vantagens da OPU e da com as vantagens da produção in vivo de embriões seria a opção ideal para a multiplicação animal. A técnica que atende esses requisitos é transferência intrafolicular de ovócitos imaturos (TIFOI). Nesta, os ovócitos obtidos por OPU de uma doadora, são injetados no folículo dominante, de uma receptora sincronizada, chamada de “ovuladora”. Apesar de comprovada tecnicamente, esta apresenta ainda uma baixa eficiência, não existem havendo relatos de validação da TIFOI em gado leiteiro, assim como a e a viabilidade da associação da TIVO ao o uso de sêmen sexado também não foi avaliada para a TIFOI. O presente projeto tem o objetivo avaliar diferentes estratégias para viabilizar a técnica de TIFOI, em fêmeas leiteiras da raça Girolando, a fim de otimizar o uso e aumentar a eficiência destaa técnica de TIFOI em gado de leite. Para tal, serão investigados: o efeito de diferentes ésteres de estradiol como indutor de ovulação, em diferentes momentos, para fêmeas ovuladoras submetidas à TIFOI (1), assim como; o melhor momento para a realização da TIFOI em fêmeas leiteiras da raça Girolando (12); se o número de doses de sêmen e o horário da inseminação podem influenciar a quantidade e a viabilidade (qualidade) dos embriões produzidos através da TIFOI (2) e a viabilidade do uso de sêmen sexado para produção de embriões através da TIFOI (3).

Data de início: 2022-05-02
Prazo (meses): 36

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador José de Oliveira Carvalho Neto
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Alto Universitário, s/nº - Guararema, Alegre - ES | CEP 29500-000