Associação do estado nutricional com a detecção de infecção natural por Trypanosoma cruzi em cães de área endêmica com triatomíneos monitorados pela vigilância epidemiológica no sul do Epírito Santo.

Resumo: Reconhecida com uma das 17 doenças tropicais negligenciadas no mundo, a doença de Chagas causada pelo protozoário flagelado Trypanozoma cruzi apresenta um considerável impacto de morbidade e mortalidade prinicipalmente nos países endêmicos da América Latina. O envolvimento de triatomíneos infectados com T. cruzi é característico dos países latino-americanos, nos quais são encontradas infecções humanas associadas principalmente a transmissões orais e vetoriais do parasito. Além dos triatomíneos considerados os hospedeiros invertebrados do T. cruzi, muitos são os hospedeiros vertebrados que podem albergar o parasito e permitir a manutenção de seu ciclo biológico na natureza. Entre os hospedeiros vertebrados de importância epidemiológica destaca-se o cão, o qual pela proximidade física ao homen possui um relevante papel no risco de infecção humana em áreas coabitadas por triatomíneos. Neste contexto, o presente projeto propõe avaliar a detecção de infecção natural por T. cruzi em cães residentes em áreas de triatomíneos monitorados pela vigilância epidemiológica no sul do estado do Espírito Santo. Em adição, pretende-se avaliar a influência do estado nutricional sobre o perfil de reatividade sorológica dos cães a antígenos de T. cruzi. Serão avaliados no estudo os cães provenientes de domicílios humanos com presença de triatomíneos notificados como infectados para Trypanosoma entre o período de 2014 `a 2017 nos municípios de Iconha e Alegre, ambos localizados na região sul do Espírito Santo. Testes diagnósticos serão mensurados nos soros coletados dos animais, além da avaliação do perfil de resposta imune humoral e sua correlação com marcadores séricos do estado nutricional. Os cães também serão submetidos a exame clínico e físico para avaliação do estado nutricional e detecção de sinais clínicos associados ao processo infeccioso pelo T. cruzi.

Data de início: 2018-05-21
Prazo (meses): 36

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Aluno Mestrado Beathriz Giostri Pontes
Coordenador Fabiane Matos dos Santos
Vice-Coordenador Marcos Santos Zanini
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Alto Universitário, s/nº - Guararema, Alegre - ES | CEP 29500-000