Detecção de ptaquilosideo em samambaia (Pteridium aquilinum) de diferentes regiões do Espírito Santo e eficácia terapêutica de selênio associado a vitamina E em animais intoxicados cronicamente pela planta

Resumo: O Estado do Espírito Santo possui um rebanho bovino estimado em 2,29 milhões de cabeças e a pecuária leiteira produz cerca de 500 mil toneladas de leite/ano. Estudos prévios na região sul do Estado, demonstraram que as intoxicações por plantas são responsáveis pela maior parte das perdas econômicas em bovinos leiteiros, com destaque para Pteridim aquilinum (samambaia). Entretanto, acredita-se que existam variações na sua toxidez, devido as diferenças edafoclimáticas entre as regiões. Além disto, nota-se que as medidas de controle e erradicação dessa planta são escassas ou, muitas vezes, inviáveis o que faz com que os números de animais intoxicados não reduza. Desta forma, buscar o entendimento da toxidez da planta, bem como uma terapêutica econômica, viável e inovadora, torna-se uma importante medida para minimizar as perdas econômicas no Estado, fortalecendo a posteriori, a pecuária leiteira brasileira. Assim, objetiva-se com esta proposta detectar os níveis de ptaquilosideo de Pteridium aquilinum de diferentes regiões do Espirito Santo, mapeando as regiões com maior suscetibilidade à intoxicação crônica pela planta, bem como avaliar a eficácia terapêutica do selênio associado a vitamina E em animais intoxicados cronicamente. Para isto serão desenvolvidos três ensaios, a saber: 1) detecção dos níveis de ptaquilosideo de Pteridium aquilinum proveniente de diferentes regiões do Estado e mapeamento conforme nível de toxidez; 2) avaliação experimental da eficácia do selênio/vitamina E em ratos intoxicados cronicamente com ptaquilosideo e, 3) suplementação com selênio/vitamina E em bovinos leiteiros com hematúria enzoótica bovina (HEB). Espera-se com este estudo melhorar a sanidade dos animais de produção, especialmente os bovinos leiteiros criados em regiões com alta incidência de Pteridium aquilinum, na busca por estratégias inovadoras de diagnósticos, terapêutica e controle, contribuindo assim, com a redução das perdas econômicas e fortalecimento da pecuária leiteira brasileira.

Data de início: 2016-03-01
Prazo (meses): 60

Participantes:

Papel Nomeordem decrescente
Pesquisador Alessandre Hataka
Aluno Mestrado Eduardo Vargas de Oliveira
Pesquisador José de Oliveira Carvalho Neto
Pesquisador JULIANA APARECIDA SEVERI
Pesquisador LEONARDO OLIVEIRA TRIVILIN

Páginas

Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Alto Universitário, s/nº - Guararema, Alegre - ES | CEP 29500-000