CARACTERÍSTICAS MOLECULARES DE OÓCITOS, CÉLULAS DO CÚMULOS E GRANULOSA DE DOADORAS DA RAÇA GIR, HOLANDESA E ½ SANGUE GIR/HOLANDESA

Resumo: Atualmente, a produção in vitro de embriões (PIVE) vem sendo amplamente utilizada no cenário nacional, visando acelerar o melhoramento genético do rebanho e otimizar os índices reprodutivos. Entretanto, tal tecnologia ainda está pouco inserida nas propriedades leiteiras do Espírito Santo. Além disto, são necessários mais estudos, quanto as possíveis causas da variação nos recultados da PIVE quando se utiliza doadoras de diferentes grupos raciais, como os mecanismos moleculares de obtenção de competência oociária. Desta forma, o objetivo deste estudo é identificar e caracterizar a abundância relativa de mRNA de genes relacionados a competência oocitária, durante as épocas de verão e inverno, em oócitos, células do cúmulos e células da granulosa de doadoras Gir, Holandesa e ½ sangue Gir/Holandesa utilizadas em programa comercial de PIVE. Para isto, 10 doadoras de cada grupamento racial serão submetitas a aspiração folicular (OPU), para coleta do complexo cumulus-oócito (COCs) e células da granulosa. As células da granulosa serão obtidas a partir de folículos dominantes, e os COCs de folículos maiores de 3 mm. Todo o procedimento de coleta será realizado em triplicata biológica, em duas épocas distintas do ano (verão e inverno). O material biológico coletado será utilizado para avaliação da abundância relativa de mRNA de 10 genes em cada uma das células (oócito, células do cumulus e células da granulosa) relacionados a aquisição de competência do oócito. Para avaliação, o RNA genômico dos oócitos, células do cúmulos e células da granulosa de cada réplica biológica/época do ano, será extraído utilizando o Kit RNAeasy®, e posteriormente convertido para cDNA. Após conversão, o material de cada amostra será sumetido em triplicata, à reação de PCR em tempo real (qPCR) para avaliação da abundância relativa de transcrito. Os valores de abubdãncia relativa de cada gene dos diferentes grupos de celulares/doadoras/época do ano serão normalizados pela expressão de dois genes constitutivos e calculados utilizando o método ∆∆CT com a correção da eficiência. Desta forma, ao fim deste estudo espera-se estabelecer o padrão de alguns genes relacionados a aquisição de competência oocitária presentes nos oócitos, células do cumulus e células da granulosa em doadoras Gir, Holandesa e ½ sangue Gir/Holandesa. Além disto, espera-se determinar a melhor época do ano para realização da aspiração folicular de acordo com a abundância relativa de mRNA de genes relacionados à competência oocitária nas doadoras de diferentes grupos raciais.

Data de início: 2018-03-01
Prazo (meses): 36

Participantes:

Papelordem decrescente Nome
Coordenador José de Oliveira Carvalho Neto
Acesso à informação
Transparência Pública

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Alto Universitário, s/nº - Guararema, Alegre - ES | CEP 29500-000